Bem vindo, Visitante! [ Cadastre-se grátis! | Entrar

Chinese (Simplified)EnglishFrenchGermanPortugueseSpanish

Preço do cigarro aumenta e consumidor opta pelo ilegal

| Pontas de Estoque | 17/01/2017

cigarros

Temos uma gama enorme de mercadorias para venda no atacado a preços super especiais.

O consumidor está pagando mais caro na hora de comprar cigarros de algumas marcas das distribuidoras do produto. Com um aumento médio de 16%, o reajuste atingiu 20 estados do país, fazendo com que muitos usuários optem pela compra do cigarro vindo do Paraguai. O produto do País vizinho é ilegal, pois não há o pagamento dos impostos gerados no momento da compra, o que diminui seu valor.

Os preços foram modificados em todos os Estados do Norte e Nordeste, além do Rio de  janeiro, Espírito Santo, Goiás, Distrito Federal, São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso.

Segundo o comerciante Sidnei Galerani, o maço de cigarro mais barato é vendido a R$ 3,50, sendo que o mais caro custa R$ 8,50. “Com esse aumento a nossa margem de lucro diminuiu ainda mais. Ganhamos em média 8% com a venda de cigarros, comercializando aproximadamente R$ 500 por semana somente com a venda desse produto”, relata Galerani. Com essa elevação, o comerciante acredita que os consumidores busquem ainda mais o cigarro do Paraguai. “Aqui não comercializo cigarros do Paraguai, pois é ilegal, mas entre 10 pessoas que chegam até aqui procurando cigarro, sete delas pedem se tenho esse produto de origem paraguaia”, afirma ele.

MAIS BARATO

Um comerciante de Umuarama, que preferiu não se identificar, relata que não trabalha com cigarros de marcas brasileiras, pois o pagamento do produto deve ser feito à vista, sendo uma das normas das distribuidoras. “No meu estabelecimento vendo cigarros paraguaios a R$ 2. Em média saem 50 pacotes do produto, cada um com 10 unidades, toda a semana”, afirma o comerciante que vende três marcas diferentes de cigarro.

Se comparado aos cigarros brasileiros, o consumidor gera uma economia de R$ 1,50 se optar na compra do cigarro importado. Porém, com a compra do produto ilegal, acaba apoiando e sustentando a clandestinidade desse material, que é composta por diversas substâncias tóxicas sem passar por nenhum tipo de fiscalização que regulariza sua venda.

A grande maioria dos varejos já faz uso dessa estratégia, sendo comprovado que até o último trimestre de 2009, o volume de tabaco ilegal passou a ser vendido em 47% do comércio. No primeiro trimestre de 2010, esse número passou para 40%. Alguns órgãos públicos que trabalham em defesa do consumidor recomendam aos fumantes não adquirirem cigarros em camelôs e de vendedores ambulantes. Os preços baixos demais e marcas desconhecidas são um dos aspectos que identificam a falsificação do produto.

MARCAS

As marcas de cigarro que sofreram alterações foram Charm SLS Box, Vogue Bleue, Lilás e Menthe, Free Slims, Vogue Perle Bronze, Dunhill Nanocut (todas as versões), Dunhill (todas as versões), Free Mix (todas as versões), Free Mano (todas as versões), Free Box (todas as versões), Lucky Strike Click & Roll, Lucky Strike (Red e Blue), Free maço (todas as versões), Hollywood (todas as versões), Hilton Slims, Plaza KS e Slims, Ritz Slims Hilton KS (todas as versões) e Derby (todas as versões). Os preços das marcas Minister, Continental e Belmont não sofreram reajustes.

Entre as marcas fornecidas pela Souza Cruz, a principal alteração de preço pode ser observada na marca Derby, tendo a alta mais significativa. Passando de R$ 4,25 para R$ 5, o maço de cigarro da referida marca teve um aumento de 17,6%. Em segundo lugar, o maço de Hollywood subiu 16,6%, sendo comercializado por R$ 5,25, aumentando R$ 0,75. No caso do  Free Box, o preço saiu de R$ 5,25 para R$ 6 e aumentou cerca de 14%.

PREJUIZO

O comerciante Benedito Canela conta que a busca pelo cigarro brasileiro diminuiu após o aumento nos preços, acarretando prejuízos ao vendedor. “As vendas desse produto caíram um pouco, mas já sabíamos que isso ia acontecer quando o preço aumentasse”, afirma. Com mais de cinco marcas brasileiras, Canela possui em seu estabelecimento cigarros de diversos valores, sendo que todos eles passaram pelo reajuste. “Os cigarros que custavam R$ 4,40 passaram para R$ 5,20, uma diferença de R$ 0,80 no bolso do consumidor. Outros que eram comercializados por R$ 5,40 hoje são encontrados por até R$ 6,40, uma diferença muito grande para quem faz uso desse produto”, conclui o comerciante.

Temos uma gama enorme de mercadorias para venda no atacado a preços super especiais. Use o campo abaixo para fazer uma busca refinada do que você precisa.


Deixe seus comentários:

*

Newsletter

Mais recentes …

  • lingerie-revender

    24 Dicas para Revender Lingeries

    por em 21 minutos atrás - 0 Comments

    1. Tenha um bom estoque Invista em pronta entrega. A maioria das pessoas compra um produto por puro impulso e não gosta de esperar até que ele chegue, nem que ...

  • 1.99

    Como importar mercadorias para lojas de ...

    por em 2 horas atrás - 0 Comments

    Caros leitores , hoje vamos entrar em um assunto que interessa muita gente pelo Brasil a fora, que são justamente as compras de mercadorias para lojas de 1,99 R...

  • revender roupas femininas

    Como começar a revender roupas?

    por em 4 horas atrás - 0 Comments

    Revender roupas é sem dúvida um nicho muito lucrativo, seja no segmento feminino, infantil ou masculino. No entanto, cada segmento tem suas especificidades e ne...

  • galaxy-j5-dourado

    O celular J5 da Samsung uma ótima opção ...

    por em 4 horas atrás - 0 Comments

    Em tempos dificeis, a busca por um celular "barato e de qualidade" tem ganho mais espaço no mercado. A Samsung tem apostado nesse segmento com o celular J5, ...

  • roupas

    Roupas para revender

    por em 6 horas atrás - 0 Comments

    Por acaso você está pesquisando sobre como revender roupas? Sua pesquisa termina aqui! Quer encontrar roupas para revender de qualidade e que te traga bons lucr...

  • roupas-de-bebê

    Roupas para Bebês

    por em 8 horas atrás - Comentários desativados em Roupas para Bebês

    Está procurando roupas para bebês no atacado para revender? Então a sua procura acabou aqui! Temos uma gama imensa de roupas para bebês no atacado para você rev...

  • bolsa-replica

    Replicas de bolsas: Louis vuitton, Herme...

    por em 8 horas atrás - 6 Comments

    Oferecemos replicas de bolsas com qualidade Triple A - que é 99% equivalente a Bolsa de Grife Original. Nossas bolsas são todas importadas e saem direto da fábr...

Facebook